4 de fevereiro de 2015

Consulta só para senhoras. Senhores, se não se importam, é aguardar na sala de espera que isto não demora nada.

Caras amigas da Uva Passa,
 
Andava para vos falar disto há que tempos, mas enfim, mete-se a vida no meio, temporais, animais,  anónimos, antónimos e sinónimos, e a pessoa fica sem tempo para falar das coisas que realmente interessam às mulheres, e que as faz parar, interromper reuniões, largar patrões, para ler blogs, com extremadíssima atenção.
As papinhas das crianças.

Mas eu, pobre Uva-Passa, que já estou quase a apitar nos 40, madura que dói, não vos concedo essa sorte, porque que se há coisa que a Uva não percebe, é de papinhas de crianças, até porque como já sabem, o tempo fez horas extraordinárias na minha memória, especialmente na memória que guardava essas cenas de papinhas, dentinhos e rabinhos.
Duvidas sobre esta temática é visitar esta mãe que me parece muito competente... e meiguinha.
Se quiserem antes novidades sobre caracóis, ou mariscos afins, aí a coisa já pia mais fino que a Uva é grande especialista.

E dizia eu, que eu bem sei que vieram logo disparadas porque encadeadas ali pelo título da coisa, que hoje abordo aqui um tema que me é muito caro.
E caro porque já gastei rios dinheiro, já chorei rios de lágrimas e já estive rios de tempo a ver passar o tempo, precisamente, e não há meio de me livrar disto.
Ora do que falamos?
Danos colaterais, pois claro, contra indicações e efeitos secundários da TPM.
Cônscia de que muita miúda porreira sofre do mesmo mal, resolvi ressuscitar a fera e fazer um dos meus ensaios, de onde, naturalmente, saem sempre tenebrosas mas saudáveis teorias.
Tenho um problema fera, muito fera, sem cura, e não estou sozinha, que dizer, não estou-estando, porque a menos que alguém se lembre de criar um grupo de apoio a pessoas com este tipo de maçada, sofrerei para aqui que nem uma perdida, mas perdida mesmo, no meio do nada.

O meu problema, que ninguém sabe de onde vem, fala-se de umas bactérias, fazer isto e aquilo faz mal, comer cozido e frito faz pior, mas a verdade é que no meus caso a fera instala-se por alturas da malfadada TPM, ou seja, juntamente com a panóplia de sintomas que aparecem imediatamente antes da menstruação ou ali uns 10 a 15 dias antes, e só vai embora à força de antibióticos venenosos.
Diz o médico (muito bom, mas não suficientemente bom) que tem tudo a ver com a menstruação e tal, que o corpo forma ali uma bolsa, que se prepara todos os meses para nascer uma criança, e que isso traz o problema sempre ativo.

Soube que há para aí uma coisa 'nova' chamada MIRENA (Dispositivo Intra Uterino) que uma das coisas que faz é parar a menstruação, isto é, provoca a total ou quase total ausência de períodos menstruais, e suas derivações.
Isto dito pela comunidade médica que o prescreve, não sei se inocentemente, if you know what i mean...

Quer isto dizer que a pessoa que aplica o MIRENA, fica livre de tudo o que traz a inefável e inenarrável TPM, e isto, como é óbvio, é sinónimo de:

- adeuzinho tensão mamária,
- adeuzinho período, pensos e tampões.
- adeuzinho dores de cabeça,
- adeuzinho acne,
- adeuzinho fome incontrolável, aumento de peso, depressão,
- adeuzinho ovulação, pílulas, e bebés,
- adeuzinho mau feitio, impropérios, gritarias, peixeiradas,
e adeuzinho fera.

Ora como a comunidade Uval é comunidade para ter biliões de neurónios, peço a quem souber, que eu sinceramente não sei mais o que fazer,  mais info sobre a temática e sobre esta coisa nova que considero ser a pedra filosofal do mulherio em idade mentruativa (e que já fechou a loja - embora isto não seja permanente)

Dizei-me:
Isto pode ser a minha cura?
É que já não aguento mais chás, gotas e mezinhas que só servem para gastar dinheiro e deixar-me ainda mais desesperada.

Many thanks para quem está no Algarve,
Obrigadinhos para a malta cá da casa.


96 comentários:

  1. Eu uso essa dita coisa. Nada de menstruação é verdade (aleluia!) embora demore uns meses a desaparecer por completo e sei que não acontece com todas as mulheres, ou seja pode diminuir apenas.
    Mas todos os sintomas (fisicos) que tinha antes aparecem na mesma.
    O maldito TPM desapareceu! Não garanto que o mau feitio desapareça totalmente :p
    beijos :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é uma boa notíca. Quer dizer que os sintomas físicos aparecem na mesma... damm!
      Mas tudo igual?

      Eliminar
  2. a dor no peito não desapareceu. A fome não desapareceu. O inchaço não desapareceu.
    Sei que o a ausência ou não dos sintomas varia muito de mulher para mulher mas eu adoro. Foi a melhor opção para mim.
    Mas olha, não te vais ver livre dos pensinhos diários... :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi toda uma teoria por água abaixo. Tanta palavrinha para o lixo....
      Vou chorar.
      Mais um bocadinho.

      Eliminar
  3. Eu, Mirena, não conheço, mas uma vez o senhor doutor meteu-me um DIU (tinha outro nome científico).
    Chama-se Gonçalo e tem 14 anos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ??????????????????????????
      Agora não percebi.
      Tiveste o Gonçalo há 14 anos e ?

      Eliminar
    2. Acontece que tinha um DIU colocado, mas houve um espermatozóide que não fez caso da presença do dito e olha, fez o que tinha a fazer. Portanto, quando me falam de DIUs, eu respondo sempre "Isso é muito bom. O meu chama-se Gonçalo".

      Eliminar
    3. Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh.

      Eliminar
    4. Estava estragado. Isso muda-se sabias ;)

      Eliminar
    5. Colocado há dois meses :)
      Depois da ineficácia do dito, já não mudei.
      Pus mais um prato na mesa ;)

      Eliminar
    6. Vês Uva... Eu acho que devias era ir ao Dr. da Linda Porca. :D

      Eliminar
    7. A minha mãe teve um aborto à conta disso (DIU) e antes disso engravidou a tomar a pilula -Ele tem 18 anos.

      Eu com medo destas tretas só usava preservativo, tenho um miúdo de 5 anos.

      Agora uso preservativo e pilula. Queria livrar-me desta excessiva protecção mas ainda não encontrei nada que me agrade (e seja como for agora quero sempre 2 métodos que não se prejudiquem entre si).

      Eliminar
    8. Eu pelo que sei a melhor maneira é fazer uma operação às trompas sem as laquear definitivamente. Se quiseres depois ter mais filhos podes reverter a situação. Dois métodos é excessivo e mesmo esses não são seguros.

      Eliminar
    9. Lindinha, o que eu queria era acabar com a fera e a fera chama-se infeção urinária recorrente, que aparece na altura pré menstrual. Posso ate ter mais filhos e dar três pinos, mas para isto desaparecer os sintomas físicos da menstruação têm mesmo de ficar para trás!

      Eliminar
    10. Olá Uva, eu tinha uma cândida que me andava a matar devagar, reforça o sistema imunitario... Para a TPM, sorry tenho aguentado a minha não sei como resolver isso...

      Eliminar
  4. DIU desconhecia mas há uma nova geração de pílulas com as quais não se tem menstruação! Eu cá desconfio um bocado dos efeitos colaterais dessas coisas a longo prazo, mexe com hormonas o que basicamente mexe com todo o nosso sistema. Mas isto sou eu, uma pessoa com muita sorte e livre de todo e qualquer efeito pré e pós menstrual!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. És a mulher MAIS SORTUDA que eu conheço!
      Eu também sou, mas na variante pêlos.
      Não tenho pêlos na sovaquinha e nas pernas cadê?
      Nunca nasceram. A minha avó dizia que era da ruindade, mas eu sou super boazinha...
      Não sou?

      Eliminar
    2. Pois há... São as tais pílulas que até se podem tomar enquanto de amamenta... Aquilo toma-se continuamente, sem pausas e não se menstrua. Eu deixei de tomar essas porque ficava muito enjoada, mas as minhas amigas tomam quase todas e dão-se bem... Será uma questão de experimentares... Outra minha amiga pôs um DIU e anda encantada da vida.

      (Obrigada meu doce... E eu acho que sou meiguinha... Se não estiver com TPM... Nem me pisarem os calos... Nem tiver dormido mal... E assim essas coisas... Sem essas coisas e se me fizerem as vontadinhas todas eu sou meiguinha... Um anjo, praticamente. ;D)

      Eliminar
    3. Sim, eu tomo a Cerazete ( não sei se se escreve assim) desde que a minha filha nasceu e não tenho menstruação, dores, mal estar, não engordei ( essa parte até agradecia se acontecesse). Mau feitio sim mas isso foi herança genética e é o mês inteiro...

      Eliminar
    4. Olha Be era mesmo essa que eu tomava (ainda me tentei lembrar só nome mas não consegui)... Mas andava sempre enjoada... Tentei depois das duas cesarianas mas não resultou em nenhuma.

      Eliminar
    5. Pílulas rebentam-me com a cabeça... Não posso. Tem que ser uma coisa que acabe com os sintomas de vez!

      Eliminar
    6. As minhas amigas não têm filhos e tomam, penso que não é continuado, fazem a pausa normal mas não têm menstruação na mesma. Eu tomo uma pílula "normal" e tenho mau feitio se calhar é por isso que não tenho mesmo sintomas nenhuns (já a penugem dá-me cabo do sistema, fortunas na esteticista!!).

      Eliminar
    7. Não posso tomar a pílula normal. Tenho enxaqueca. Resumindo: estou um Uva Passa cheia de não presta...

      Eliminar
    8. Eu tomo a Cerazete exactamente porque não posso tomar a pílula normal, fico com tonturas (uma vez desmaiei na banheira) e dores de cabeça brutais, as hormonas desta são diferentes das pílulas normais, daí se chamar pílula de amamentação. Eu como emagreço muito quando tenho menstruação (sim, sei, não sou normal) estou "proíbida" pelo médico de deixar de tomar e esta é a única que não me faz mal. Claro, cada caso é um caso, o melhor é veres isso com o teu médico.

      Eliminar
    9. Os 'meus médicos' estão como eu. À nora. Deixei ali um link onde digo que não estou sozinha. Por ali podes ver a quantidade de pessoas que sofrem sem cura. Milhões. Há ali raparigas que até a bexiga já transplantaram por excesso de antibióticos.
      A comunidade médica acha a IUR uma doença menor e não lhe dedicam tempo absolutamente nenhum. Dizem que temos de aguentar...
      É assim.

      Eliminar
    10. Fui ver a lista, (re)confirmo aquele da Lourinhã e o das Azenhas do Mar. Se quisermos mesmo bom mas mais longe de Lisboa, na Praia da Areia Branca come-se bom marisco. O que falava era d'A Marisqueira em Vila Franca de Xira, vale a viagem. Se quiserem ir um pouco mais longe A Torre no Porto Alto também é TOP.

      Eliminar
  5. Fã, super fã do Mirena. Menstruação????? Quase nadinha 1 dia com pensinho diário e nem todos os meses. Sintomas? Virtualmente 0. Eu, euzinha recomendo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma luz ao fundo do túnel!!!!!!! Quem dá mais!!!!!
      Virtualmente 0..... Isto é música......

      Eliminar
  6. Também sou uma sortuda, tomo uma pílula de baixa dosagem, uso um pensinho tanga quanto o período aparece, não tenho dores, inchaços ou borbulhas... (Ah! Tenho enxaquecas, mas não sei se a causa são as hormonas) Foi sempre assim e mais do que isto não sei dizer, mas faz a tua investigação, algo hás-de encontrar que melhore a tua qualidade de vida :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas é crónica, não passa. Isto é só uma teoria minha! Talvez acabando com tudo fosse embora a IUR. Sortuda. Eu também sou, dores não tenho e também é pouco, o pior é antes!

      Eliminar
  7. Se souber de alguma coisa que retire o inchaço, as dores das mamas e a vontade incontrolável de devorar chocolates eu pago um jantar no Ramiro (é o melhor sítio para comer aquelas coisas com bigodes...)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Diz que é este! O Mirena! Um DIU hormonal que dizem acabar com tudo. Algumas meninas ja aqui disseram. O Ramiro é realmente bom! Mas lá está, o marisco faz mal ao meu assunto...

      Eliminar
    2. Pilula Zoely! Ganhei o jantar no Ramiro? (Não é o melhor sítio para comer as coisas com bigodes!)

      Eliminar
    3. Mas é o mais perto aqui dos alfacinhas.

      Eliminar
    4. A menos de 30km de Lisboa sei onde se comem coisas com bigodes supimpas!

      Eliminar
    5. O meu link tem os melhores sítios. Vai lá ver se não é um daqueles. Já estive em todos!

      Eliminar
    6. Nada de hormonas para mim. Demasiados antecedentes de cancro na família, o doutor não deixa.

      Uva, meu anjo, fui ver a lista, assim de repente, sinto a falta do Pinóquio e do Nunes, em Lisboa, das Furnas na Ericeira, do Meste Zé, Furnas, Porto de Sta Maria e Faroleiro, em Cascais e de dois no Algarve que agora não se me lembra o nome.

      Margarida, chegue-se à frente, onde é que se come melhor que no Ramiro?

      Eliminar
  8. Mas uva, mirena é um contraceptivo hormonal! Por isso não menstruas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é, mas vai muito mais longe que um contraceptivo hormonal, dizem. Há miúdas que sofreram anos de enxaqueca e depois disto, vapt vupt. Nickes! Rien! Ficas um homem autêntico, mas mais inteligente. ;)

      Eliminar
    2. É hormonal e de barreira. Como a libertação da hormona é feita localmente a dosagem da mesma é muito, muito pequena, daí os efeitos secundários serem menores ou não existentes (isto foi o que me explicou o sr. doutor)

      Eliminar
  9. Olha, só experimentando. Tive de desistir dos contraceptivos hormonais pois os efeitos secundários evidenciavam-se cada vez mais. A minha última experiência foi com contraceptivo intradérmico e desisti ao fim de um ano. Também tive cistites recorrentes mas, milagrosamente, desapareceram com a 1ª gravidez.
    Só não consigo livrar-me da candidíase, que aparece sempre após a menstruação.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A menstruação é o problema. Vai por mim. Uma porcaria que acabasse com os efeitos e alterações físicas desse estado pá, estou em querer que acabava de fez com a bicheza!
      A minha apareceu depois do parto...

      Eliminar
  10. Verdade. Sempre que me constipo menstruo 2 ou 3 dias depois. Herpes? 2 dias depois, menstruação. Raio do sistema imunitário fica todo em frangalhos. Já para não falar dos pêlos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já fiz de tudo! Agora vou fazer o A200 das intolerâncias alimentares. Pode ser disso. Mas o exame custa 200€ ... Até me passo! Diz que somos o que comemos... Já nem leite... Uma tristeza...

      Eliminar
    2. Uva, se fosse mulher que joga, apostava em doença celíaca... Nunca lhe fizeram os exames para isso? Tenho na família e conheço bem os inúmeros sintomas que pode dar, considerando o que diz neste e no outro post. A elevação de plaquetas pode indicar inflamação que, segundo os senhores da Clínica Mayo, pode resultar de "rheumatoid arthritis, celiac disease, connective tissue disorders or inflammatory bowel disease". Ah, os exames para doença celíaca são bem mais baratos que os A200...
      http://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/thrombocytosis/basics/causes/con-20032674

      Eliminar
    3. Nunca.
      Mas o raio é que antes de ter a miúda nunca tinha tido nada.
      E como de tudo o mês inteiro.
      Mas obrigada e vou já ver tudo o que mandaste.

      Eliminar
    4. A gravidez é um gatilho conhecido de doenças auto-imunes... O sistema imunitário fica avariado e, em algumas pessoas, nunca mais vai ao sítio, ficando umas mulheres com doença celíaca, outras com lúpus, outras psoríase... O facto é que essas infecções constantes parecem apontar para um sistema imunitário enfraquecido e as plaquetas para inflamação algures. Eu iria a um bom médico ver se há aí alguma doença auto-imune; se quiseres referência de gastrenterologistas, diz.

      Eliminar
    5. Mas vê: nunca tive gripe. Que sistema imunitário é o meu que arrasa com o vírus da gripe e dessas coisas do inverno, tudo de cama, famílias inteiras, e que não consegue combater uma IU?
      Tu és da opinião que gastrenterologista é melhor que ginecologista ou nefrologista ou mesmo o Coloproctologista neste tema da IU?
      É que nunca consultei o gastrenterologista.

      Eliminar
    6. Gastrenterologista ou médico de medicina interna, um mais para rastreio de DC, outro para doenças auto-imunes... Mas dos bons- os médicos são como uma caixa de chocolates, nunca se sabe que sabor nos vai sair 😉

      Eliminar
  11. Não te quero, de todo desmoralizar, mas o MIRENA provocou uma Dermatite Seborreica simplesmente horrível à madrinha da minha filha. Já consultou alguns especialistas que concluíram ser um efeito secundário do MIRENA.
    A coitada já o tirou mas está-se a ver grega para se ver livre da maldita DS, já gastou rios de dinheiro entre médicos e medicamentos e não há maneira de melhorar, tem a cara numa lástima. Ainda ontem me dizia, em lágrimas, que já se apercebeu que as pessoas se esquivam de a cumprimentar com dois beijinhos porque têm medo daquilo ser contagioso.
    Com certeza que este efeito secundário deve ser para lá de raríssimo, ainda assim, depois de ver o que ela está a passar, eu não poria.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai credo! Bezinha, as melhoras das tua cunhada! Obrigada por partilhares. Tadinha...

      Eliminar
    2. Zeus queira mesmo que aquilo lhe passe e rápido, coitada.

      E que encontres uma solução asap para o teu problema, infecções urinárias são o demo, tenho com alguma frequência, ando sempre com Urispás e Uroflox na carteira, para, ao mínimo sintoma, atacar..

      Eliminar
    3. Uripás... onde é que isso já vai...

      Eliminar
    4. Já há coisas mais modernas? Conta, conta!

      Eliminar
    5. O que há é antibiótico (para mim). Monuril e a Furandantina.
      Urispás já nem comichão no nariz me faz.

      Eliminar
    6. Não te faz nada? A mim ajuda imenso, em caso de crise tomo aos 2 de cada vez e sempre conjugado com o antibiótico.

      O Furadantina provoca-me náuseas e vómitos, não consigo tomar. Já tomei Monuril há uns anos mas entretanto, nem sei porquê, passei para o Uroflox que me faz passar a maldita em 3 tempos.

      Eliminar
    7. Nadinha... nikles.
      Furandantina é assim: como um boi ou uma cabra (encho mesmo o bandulho) e toca para dentro.
      Em jejum tenho de ficar em casa a gramar a pastilha do enjoo e vómitos.
      Quase todos os antibióticos me fazem isso, já que sou alérgica à penincilina.
      Uroflox nunca experimentei, mas dá-me igual, é toxico.

      Eliminar
  12. Eu não sou a melhor pessoa para vir dar conselhos mas venho dar-te um abraço.
    Isso deve ser tão chato :(
    Eu sou das que nunca teve nem tem sintomas da chegada, permanência ou partida da menstruação. E já tomei a pílula e agora nem isso porque decidi que eu é que ia mandar no meu corpo (cenas... não questiones!). Só tive uma infecção urinária aos 4 anos (fui sozinha a uma casa-de-banho de um restaurante sem dizer aos meus pais) e nunca mais tive stress nenhum.
    Mas uma colega de casa do tempo da faculdade sofria imenso com infecções urinárias consecutivas, até ao dia em que acertou no médico. Fez mil exames mas descobriu qual era exactamente a bactéria que lhe causava aquilo e assim puderam atacar o problema em vez de andar no jogo de tentativa-erro.
    Não sei que te diga, gostava de poder ajudar mais.
    Espero que resolvas isso rápido.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada miguita.
      Mas isto é muito penoso, sabes, estou a ficar paranóica.
      Fiz um tratamento absolutamente horroroso de homeopatia que me custou os olhos da cara, e no meio do tratamento pimbas! Estive capaz de arrancar os olhos à médica com um garfo.
      Na verdade ando sempre doente. E por esta altura já ninguém me liga, e quando digo que estou 'doente', as pessoas tendem a dizer: outra vez? pois isso é muito chato... bebe água.
      E eu bebo água, mas não me serve de nada.
      Eu sei exatamente qual é a bactéria (E-Coli), mas o meu corpo produz (como todos os corpos produzem) essa bactéria diáriamente no intestino. Acontece que no meu caso a bactéria passa constantemente para a bexiga através da parede que separa uma coisa da outra. Precisamente por altura da menstruação.

      Eliminar
  13. Unha de gato em comprimidos? é um antibiótico natural e ajuda nas infeções urinárias. A mim pelo menos ajudou...

    A infeção não poderá ser causada pelo stress emocional da TPM?

    Apenas uma sugetsão, tentar não custa;)

    DM

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Unha de gato? Eu já comi as unhas, os pêlos e os intestinos dos gatos. Eu já fiz de tudo. TUDO! Ando nisto há quase 9 anos.
      Mas sim, essa coisa hormonal pode ter a ver, mas estou em crer, passados estes anos todos, que há uma coisa física relacionada com a alimentação (?) com a parte intestinal e com o stress.
      Mas agora já consigo perceber quando vai aparecer. É na ovulação ou ali perto da menstruação.
      Por isso a minha teoria do MIRENA.
      Mas ninguém sabe.
      Algumas desaparecem para sempre, a minha volta sempre. E já lhe dei com antibióticos durante meses de seguida...

      Eliminar
    2. Olha Uva Passa, não aconselho o Mirena.Tive dois: o primeiro foi tudo às mil maravilhas, tirando um pouco de acne nas costas. Mas o segundo só aguentei 3 anos. No segundo ano comecei a ter infecções vaginais recorrentes=candidiase (infecções urinárias e a vulva constantemente a arder e vermelha.. terrível...) que só passaram quando acabei por o retirar. Fiz exames a tudo, desde artrite reumatóide, doença celíaca, etc, etc.. fiquei intolerância à lactose... e pronto, voltei ás pílulas e às enxaquecas.. agora estou a tomar a minesse, mas penso mudar pra zoely.. com qualquer destas pílulas quase não tens período, muito equivalente ao Mirena...

      Eliminar
  14. Até me arrepio quando ouço falar no Mirena! Foi um experiência horrível para mim... Coloquei, por indicação médica, pois eram só vantagens e, com 40 anos e fumadora, não poderia continuar a tomar a pílula. Os primeiros meses correram bem mas nada de desaparecer a menstruação. Depois... depois passei a ter períodos menstruais de 3 SEMANAS! Na semana de 'descanso' tinha enxaquecas terríveis! Engordei uns 7 kg e fiquei anémica. Consultei 3 médicos e todos ficavam espantados, não era normal isto acontecer com o Mirena!! Pois!! Azar o meu, não faço parte das 99% de mulheres que se dão bem com o Mirena!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A lado B também tem uma experiência com a comedre dela horrivel.
      Eu fico muito dividida, mas acontece que tenho de tomar uma decisão.
      Estou a dar cabo de mim com tanto antibiótico.

      Eliminar
  15. Eu tenho já vou no segundo dispositivo Mirena colocado, nunca mais tive menstruação.
    O dispositivo tem validade de 5 anos , é um descanso !
    Mas a melhor pessoa para te recomendar e retirar dúvidas é mesmo a Ginecologista a minha é um doce explica tudo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não tenho qualquer hipótese com ginecologistas. Sobre o tema IUR o que fazem é medicar com antibiótico para a E-Coli.
      Sobre o MIRENA dizem maravilhas, mas lá está, a minha teoria era que desaparecendo o feito da menstruação, desaparecia também a bactéria que ataca nessa altura de maior fragilidade.

      Eliminar
    2. Eu fiz uma vacina contra as IUR, que eram uma constante! Aconselhada pela minha Ginecologista.

      Eliminar
    3. Também fiz. A Urovaxon. 3 meses. No meio da caixa voltei a ter... não resultou. Depois da vacina voltei a ter inúmeras vezes.

      Eliminar
  16. Então a homeapatia? olha que aquilo são tratamentos com resultados demorados... Eu pensei colocar o mirena, mas dizem ter a mesma substancia de uma pilula que me fazia engordar e desisti da ideia. Tenho amigas que têm. Umas têm os sintomas, outras não. Nada como experimentares, porque cada caso, é um caso. E para quem já experimentou tanta coisa...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois exatamente. Já experimentei muita coisa mesmo.
      Homeopatia é como disse. A fazer o tratamento (caríssimo) e no meio pimba. Fiz até ao fim e no fim pimba!
      Depois lá me disseram que o problema era do intestino (colón) e ando numa fase de purgar com limão, levolac e solução stago + água de Monchique. Nada. Este mês outra vez.
      MIRENA era uma hipótese mas se dá diferente em cada mulher... já não sei se é boa ideia.
      Não tomo pílulas.

      Eliminar
  17. Uva, para as IUR, já experimentaste fazer tratamento preventivo com arando vermelho? Eu andava a furadantina, mas já há uns meses tomo umas cápsulas de arando vermelho todos os dias e até agora nada (deixa-me cá benzer, não vá o diabo ouvir :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O arando vermelho já experimentei de todo o tipo. Comprimidos, xarope, meses...
      Isso em mim é rebuçados...

      Eliminar
  18. Atenção aos dispositivos que nos entopem de hormonas. Hormonas essas que adoram meter bichezas nas mamas e endométrio. Foi o meu caso, carcinoma ductal invasivo hormonal, ou seja cancro de mama com origem hormonal. Vai fazer 3 anos, tinha 36, mandei-o para a put* que o pariu. Como estou proibidíssima de enfiar no meu corpinho tudo que seja hormonal, a minha médica "meteu-me" o dispositivo de cobre, o Multiload CU. Ao que parece o cobre dá cabo do canastro dos espermatozoides e não liberta hormonas. Não tive efeitos secundários e tive 2 anos e meio sem menstruação, acredito que foi mais devido à quimio e radio do que propriamente do dispositivo, mas até agora não tive qualquer tipo de "acidente" ou meter mais pratos na mesa! E muito sinceramente, prefiro a TPM e os seus efeitos que a quimio! Fala com o teu ginecologista e ele saberá o que é melhor para ti.
    Madalena

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Madalena, eu juro que não me importo de ter mais 3 filhos. O meu problema é IUR (infeçãoi Urinária Recorrente) provocada por uma E-Coli que passa dos instestinos para a bexiga por alturas da menstruação e/ou ovulação.
      O que eu queria era alguma coisa que tirasse os sintomas da menstruação uma vez que associo uma coisa a outra.
      O ginecologista não sabe nada. Ele só quer é encher-me de antibióticos e testar porcarias toxicas em mim.
      O problema não é engravidar, é travar a IUR definitivamente.
      Obrigada e parabéns pela tua LUTA!
      És grande!

      Eliminar
    2. Madalena, antes de qualquer coisa, os meus desejos de melhoras e de recuperação total.
      O tom com que respondi ao apelo da Uva foi ligeiro, por se ter aligeirado, na minha vida, o "acidente" com o DIU.
      Mas, diante do teu testemunho, sinto necessidade de explicá-lo.
      Eu já tinha 3 cesarianas na pele quando pus o DIU, que era desses de libertação de cobre. Por outro motivo, tive que tomar um antibiótico da classe das tetraciclinas que, não sabia eu (na verdade, não prestei muita atenção ao que dizia a pagela do antibiótico, e lá estava bem expresso. Não estava era nas indicações do DIU), interfere com a eficácia do DIU, pois inibe a libertação de cobre - que é o que "mata" os espermatozóides - e, portanto, basicamente, é como se não estivesse nenhum dispositivo no nosso útero.
      Assim, ao fim de 9 meses, fiz a 4ª cesariana + laqueação e pus mais um prato na mesa :)
      (agora chiu, que isto é tudo segredo, se a Linda Porca sonha, mata-me :)
      Um beijinho para ti, e good, good vibes.

      Eliminar
    3. Fizeste tudo de proprósito só para meteres o nome Gonçalo ao gaiato. E ficares de baixa de maternidade sem fazer nenhum.
      A ti? Topo-te à légua.

      Eliminar
    4. Olha, não. Se soubesse o que sei hoje, tinha-lhe dado outro nome. Estou farta de Gonçalos. Agora até há Igor Gonçalo, Gonçalo Bruno e Gonçalo Nelson, ou Nelson Gonçalo, que é quase indiferente. Estuporaram o nome todo :)
      Pois. Fiquei mesmo contente que ele tenha vindo.

      Eliminar
    5. O meu sobrinho chama-se Gonçalo.
      Cunhada, és tu?

      Eliminar
    6. Se ele tiver 3 irmãs mais velhas, confere, cunhada, sou eu.

      Eliminar
    7. Óhhhh não somos cunhadas.
      Esta agora... ia jurar que te tinha reconhecido pelos pêlos nas pernocas lá da tua fotografia BILF ou lá o que isso é só para homens...
      Tu precisas de um corta relvas? Tenho um na Casa dos Pinheiros.

      (pronto, armei o barraco)

      Eliminar
    8. Ai, p'ra tua saúde, quais pêlos? Não são sombras do cartoonize, ou lá o que é que eu lhe fiz para ficar mais menita? Puxa, quase magoei.

      A minha cunhada é outro estilo. Usa muita naftalina na roupa e só bebe sumo de laranja, socialmente falando. Uma vez até numa sunset party (a única a que fui na vida, logo havia de arcar com aquilo).

      Eliminar
    9. Deve ser muito feliz. Pelo menos não fica constipada com tanta vitaminha C.
      Um dia levo-te a uma sunset party no Meco. Até ficas com os olhos tortos...

      Eliminar
    10. Só maus caminhos, tu.
      Eu vou, hã?

      Eliminar
  19. http://www.roter.pt/nl/roter-cystiberry

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelo teu cuidado Lady_m.
      Vou ver do que se trata.

      Eliminar
    2. Diz que é uma coisa nova mesmo para quem sofre IUR. Outro dia falaram-me disto na farmacia porque tb costumo sofrerbcom o raio das IU

      Eliminar
    3. Eu até já fiz a UROVAXON vacina e não resultou. Vou ver esta.

      Eliminar
  20. Alguma info aqui:
    http://www.empowher.com/interstitial-cystitis/content/it-might-not-be-uti-it-could-be-interstitial-cystitis
    http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/11762662

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito, muito obrigada.
      Vou ver tudinho.
      Estou muito grata.

      Eliminar
  21. oh filha, abota isso... a seguir à epidural é a descoberta da minha vida.
    tenho spotting, mas nem sempre, TPM tenho na mesma, mas isso é porque sou neurótica; bota qua daqui a uns meses estás aqui a escrever da tua maravilhosa experiência :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maravilhosa experiência... gosto da tua maneira sui generis de ver a vida...
      ;)

      Eliminar
  22. foste excluir os homens da leitura deste post, quando são eles QUE NA MAIORIA DAS VEZES levam com as nossas crises de TPM. A tua avó é que tinha razão. és ruim :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sou pior que ruim.
      Tenho indícios de malvadez!!

      Eliminar
    2. Boa tarde. Encontrei por acaso o seu blog e resolvi deixar o meu testemunho.
      Infelizmente também sei bem o que sao as IUR. Depois de muitos medicamentos e tentativas/erro, estou bem melhor e penso que é porque acertei num gel intimo. Antigamente tinha infecçoes todos os meses, agora talvez hà mais de seis meses que nao tenho nenhuma.
      Nao sei se existe em Portugal, pois tive de vir para França e comprei numa parafarmacia. Hydralin Gyn. Na parafarmacia disseram-me que nao se deve usar todos os dias porque é medicinal. Por isso tenho dois, um da mesma marca que uso diariamente, e o Gyn, que uso de vez em quando e para mim tem resultado. Experimente a passar numa parafarmacia e ver se o encontra e tente. Em mim resultou. Acabou-se a Furadantina e companhia. Yupi. Viva a qualidade de vida. Beijinhos duma Algarvia em França.

      Eliminar