18 de março de 2016

Não tenho absolutamente nada para vos dizer

Mas que querem? É um bichinho que tenho nos dedos, alojado por baixo das unhas.
Hoje sentei-me para almoçar às 16.30h. Agarrei na minha marmita e sentei-me sozinha na copa, desolada de fome, cheia de pena de mim própria.
Não sei a que propósito inflijo estes danos ao meu corpo, não aprendi nada dos mais velhos, pese embora a minha avó velhinha me dizer vezes sem conta que quando mais nos agachamos mais mostramos o rabo.
O que me valeu, e aqueceu, é que o almoço era caril de gambas, a delicia da mãe Uva, que mesmo à hora do lanche me soube pela vida.
Pela vida vão-me saber as férias.
Férias? Sim férias.
É que não tenho nada para vos dizer, mas fiquem já sabendo que: para a semana o que se passa no Uva não vai passar no Samouco.
É Casa dos Pinheiros com ela, bicicleta às costas, filha à tiracolo, e o V. cá fica, a trabalhar (ahhhh coitado!), porque alguém tem que ganhar dinheiro, para esta gente que descansa.
Vemo-nos nos trilhos?

9 comentários:

  1. Gosto de nadas, a vida ensinou-me a apreciá-los. Boas férias!

    ResponderEliminar
  2. fiquei absolutamente estupefacta com o título do post.

    decidi lê-lo e suspirei de alivio:porra!, por momentos achei que não tinhas MESMO nada para dizer :-) ninguém te cala :-) arre, lá para a mulher :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hahahahahahaha. Nunca! Tenho boca até ao cotovelos.

      Eliminar
  3. Boas férias, Uva.
    (esse caril de gambas abriu-me o apetite)
    :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É tão bom. É o meu prato de Natal. A minha mãe faz aquilo maravilhosamente.
      Vou-me fartar de andar de bike.

      Eliminar
  4. Nos trilhos? Quem sabe. Nos "tralhos" , espero que não! Desculpa o trocadilho, Uva. mas eu é que não tenho mesmo nada para dizer.

    ResponderEliminar
  5. Isto é o teu "nada"? Chiça! :p

    Beijocas, Uvinha, e diverte-te :)

    ResponderEliminar
  6. Desculpa, esqueci-me de desejar boas férias. :)

    ResponderEliminar