13 de outubro de 2016

Antecipando o NOBEL da LITERATURA 2017


Dialetos de ternura
Foram mais que para mim
Onze minutos de história
Interminável e sem fim

Extravagância nos teus olhos
O meu olho pra pintar
Porta fechada numa tela
Sem azul e sem mar

Ohuô.... Ohuô.....
Hoje Maria Leal aqui, só pra ti (bis)

Pensamento proibido
Entrar no teu olhar
Foram coisas desse trilho
Que me deixaram a pensar
Estrada proibida 
Entroncamento sem fim
Restos sucessivos
Que sobraram para mim



Maria Leal será a escolhida por ter criado novas formas de expressão poéticas no quadro da grande tradição da música portuguesa.


A sério?
Isto é sério? Bob Dylan?
Maravilhoso mundo novo.

20 comentários:

  1. E isto quando há letristas muito maiores que ele, e contemporâneos, como Paul Simon, cujas letras são alvo de cadeiras universitárias.

    Mas, como dizia o David Soares, Se a roda tivesse sido criada por um comité seria octagonal para acomodar todas as reivindicações dos membros!

    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também as há (cadeiras universitárias) dedicadas ao estudo da obra de Dylan, não é por aí...

      Eliminar
    2. Sim, literatura não é só romance. Não discordo que tenham derivado para este campo tão vasto e de tão grandes artistas. Mas o Bob Dylan? Enfim, quase nunca concordo com o Nobel, por isso é só mais do mesmo.

      Eliminar
    3. Sim, muitas universidades (e não só as Americanas) são pródigas em cadeiras inúteis...

      Enfim, eles que levem a taça...

      (Aparentemente os grammy´s já eram! Um Nobel para Metallica por favor. Se não houver categoria onde seja razoavel incluí-los, inventa-se uma!)

      :)

      Eliminar
    4. Chico Buarque teria sido um grande Nobel!!

      Eliminar
    5. A sério que n concordas com o facto de ser o dylan mas concordarias om o buarque?? Atenção, acho ambos válidos.

      Eliminar
    6. Não consigo separar o Dylan e as letras do Dylan, da voz e do nariz do Dylan, ambos os dois sofríveis, sendo a primeira pior que a segunda.
      Hahahahahahaha

      Eliminar
    7. me, my shit and I, não, mas aberto o precedente vale tudo!
      E já tinha sido aberto quando o Obama ganhou o Nobel da paz! Ao pé deste o Dylan é soft...

      LOL

      :)

      Eliminar
  2. Se é o cantautor que mais merece ou não, são outros quinhentos paus. Uma conversa diferente e ainda mais polémica que esta.

    Mas o Nobel é merecidíssimo. Finalmente um Nobel da Literatura com a qual eu concordo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por mim há letristas e poetas muitíssimo melhores que o Bob Dylan, mas não discordo da nova vertente.

      Eliminar
    2. Isso iria sp acontecer né. Não há unanimidade nas massas. Era impossível

      Eliminar
  3. Realmente visto por este prisma, assim que encostados à parede de arma apontada: "Maria Leal ou Dylan?" o nobel ao Dylan foi mesmo bem entregue!... Só é pena que o que ele faz - sem dúvidas que o faz bem - não faça parte da categoria de literatura. Mas... acho que isso são só pormenores... quem se importa com os pormenores?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que poesia também é literatura e a minha resposta está dada.

      Eliminar
  4. E se tem solução, mas a solução depende do outro??? Ou a solução depende só de nós mesmos? AbraçO

    ResponderEliminar
  5. bis bis
    Bravo!!!!

    Grande Maria com a sua lealdade ao rubro!
    Beijinhos Uvinha!

    ResponderEliminar
  6. O que me preocupa é que a "artista" da foto parece ter 3 braços....

    ResponderEliminar