22 de julho de 2014

O meu pai afogou o portátil em vinho. Òh lord!

Pai:

Eu sei.
Eu sei que é muito bom jantar, e ao mesmo tempo interagir com todos os alentejanos no Facebook. Poderás mesmo tirar inúmeras ilações sobre o que é um cocharro, um alforge ou uma arreata, ao mesmo tempo que trincas um belíssimo queijo de cabra e te delicias com um vinho Furtiva Lágrima, desses que o nosso Alentejo nos dá, mas toma nota de sábias palavras, desta que nasceu depois de ti e de ti, que também sabe coisas, muito embora aches sempre que não.

Pai:
Os portáteis, essas coisas maravilhosas que tu agora descobriste e que te custaram os olhos da tua reforma cara, são capazes de te levar aos céus, mas não bebem bebidas alcoólicas.
Essas coisas, os portáteis, querem lá saber se o vinho é premiado, se é um tinto polido, de excelência, ou se é sempre proveniente dos melhores lotes das barricas de carvalho francês.
Não Pai, as coisas eletrónicas querem-se longe dessas coisas Pai, entendes o que eu te digo? 
Não vale a pena seres teimoso, Pai, o disco foi à viola, Pai, o disco afogou-se em vinho.
Não adianta carregares mais nas teclas e abanares o coitado.
Mataste-o...

...depois de um longo e agonizante coma alcoólico.

11 comentários:

  1. Uiiiii, os meus sentidos pêsames...ao menos foi contente :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E viva eu cá na terra sempre triste, porque agora ninguém o atura....

      Eliminar
  2. ahahahahaha.... quem manda almoçar e ver o faicebook!
    Pimbas, entornou o binho! ;)))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O meu pai já tem idade para ter juízo... mas não.

      Eliminar
  3. teclado, vinho e queijo, eis uma triologia poderosa, mas ao mesmo tempo perigosa. o líquido acabou por vencer a tecnologia. é tramado! que tal notícia nunca chegue aos ouvidos de Baco...é capaz de crescer uns palmos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi o copo cheio!!! O portátil ficou literalmente a boiar. Olha, foi uma tempestade num copo de vinho!

      Eliminar
  4. Era um castigo bem dado... (ao pai, claro)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O meu pai anda a merecer muitos castigos. Porta-se muito mal...

      Eliminar
  5. O meu pai (74 anos) tb veio com a ideia de comprar um portátil para ele. Eu perguntei: "Para que o queres?", ele respondeu: "Oh pra nada, para comunicar contigo e com o M. (um amigo dele)"; eu acrescentei "E para que servem os telemóveis e o fixo? É que aquilo só te vai trazer mais despesas."
    Desistiu. Fácil de persuadir. :) Eu sei bem pró que é que ele o queria, sei...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O meu pai desde que tem o portátil que viu a luz, my friend. Está em estado catatónico agarrado aquilo. Aliás, agora está numa ressaca terrível....

      Eliminar
    2. Pois, essa luz, é essa mesmo :) Nem parava pra comer e beber...bem, só se fizesse cumó teu :)

      Eliminar