15 de janeiro de 2015

Tatuagens elevadas ao exponente máximo

Preocupa-me que certas tendências deixem de ser questionadas, por serem só 'inocentes' tendências.
Preocupam-me porque há tendências que na verdade são constâncias, e que apesar de disfarçadas de modas passageiras, vão acompanhar-nos para sempre.
As tatuagens são o caso mais gritante de uma tendência que não tende a passar.
E ficam para sempre.
E se ficam para sempre talvez ponderar e ter a absoluta certeza que aos 40 aquela tatuagem muita nice de uma caveira no pulso direito, ou aquele alargador no nariz, talvez já não tenha tanta piada.
Obviamente que quem escolhe fazer uma tatuagem é absolutamente livre de o fazer, especialmente se se tratar de um  adulto, mas no caso de jovens que ainda não atingiram o patamar da liberdade parental creio que é necessário o alerta, e o alerta urgente.

Pois que a tendência é surpreendentemente estúpida e dolorosa, e claro, já fez vítimas entre a criançada sedenta de inclusão e de afirmação.
Tatuar os olhos pode parecer à primeira vista muito à frente, e nem vou questionar a beleza ou fealdade do trabalho.
O que interessa é que perder a visão por questões de tendência, talvez não seja bem a marca que queremos carregar até ao fim dos nossoa dias.
Atenção.



39 comentários:

  1. Qualquer dia abrem caça aos vampiros...
    Esta gente está doida!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É um perigo.
      Os pais deviam estar atentos, porque os miúdos, já se sabe, acham graça a tudo!

      Eliminar
  2. Aindo no outro dia tinha visto uma notícia sobre isso e dei comigo a pensar que em poucas décadas se passou de uma "arte" proscrita a fenómeno mainstream.
    Penso nisto que escreveste quando vejo pessoas com o corpo praticamente coberto de tatuagens, são cada vez mais.
    Há uns anos contavam-se pelos dedos da mão as pessoas que tinham tatuagens, hoje contam-se pelos dedos as que não têm. Será que daqui a uns anos ainda vão gostar de se ver assim marcadas?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que a grande maioria não.
      Alguns já se devem ter arrependido amargamente.
      Talvez no futuro dê para tirar com mais facilidade.
      Tatuagens em mim não se se faria, mas esticadores, alargadores, corninhos na testa e olhos pretos, nunquinha.

      Eliminar
    2. Caramba, se nós nos arrependemos de um penteado ou de uma fatiota (que na altura nos parecia maravilhooooooooooooooosa) quando olhamos para as fotografias antigas e eram coisas temporárias, corrigidas a tempo, imagina termos que lidar com as más escolhas que fizemos para o nosso corpo de forma tão permanente/definitiva ( a não ser que gastes uma fortuna a removê-las).

      Eliminar
    3. Tenho tatuagens definitivas no meu corpo, desenhadas não por um artista, mas que me tiram muito a vontade de agredir ainda mais aquilo que já sofreu que baste.

      Eliminar
    4. Same here. Pareço uma boneca de trapos.
      Por isso, tatuagens, jamais!
      E, quanto aos outros pingentes, idem. Nem paga.

      Eliminar
    5. Eu estou feita num verdadeiro oito.

      Eliminar
    6. Olha, então somos duas.
      Só césares, levei 4.
      Perdi-lhe a conta ao número de vezes que parti a cabeça.
      E já cortaram e coseram por aqui muito. Chega de marcas.

      Eliminar
  3. Antes de fazer uma tatuagem é preciso ponderar bem. O que somos/gostamos aos dezoito, não é necessariamente o mesmo aos 30 e por aí adiante. Pôr em causa a saúde por uma tatuagem, é estúpido. Gosto de tatuagens e tenho tatuagens. Mas nunca irei tatuar (só se ficar maluca) pulsos, braços, cabeça, pescoço, mãos, pernas ou cara. E alargadores fazem-me impressão, os piercings lembram-me rebites e penso em grandes acidentes e que aquilo está ali para segurar o sobrolho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hahahahahaha e depois se tiras aquilo, a sobrancelha fica ali com a estradinha para sempre já que os pêlos não voltam a crescer.

      Eliminar
  4. Toda a gente sabe que detesto tatuagens, por isso...
    Já bastam as tatuagens que a vida nos deixa no corpo ;)

    ResponderEliminar
  5. Em Novembro fui à maior concentração nacional de tatuagens e tatuadores do país! Foi no Meo Arena só para ter noção da quantidade de gente que lá esteva e vi mais de uma pessoa com olhos tatuados e é realmente coisa para meter muita impressão.
    Eu detesto tatuagens e até percebo quem faz algumas delas, mas acho que nestes casos extremistas são apenas pessoas que tem um problema grave de afirmação e de personalidade. É mais ou menos como a malta que começa a fumar mas com consequências mais visíveis!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ali em cima nas fotos dá para ver que deve doer imenso, quer dizer, eu uma areia, uma pestana, uma pupurina no olho e fico de quatro, com agulhas a injetarem tinta toxica dentro do globo ocular era coisa para ficar logo morta.
      Não detesto tatuagens, mas tudo o que implique transformar a pele com objetos e furar as orelhas para ficar com poleiros para papagais... sim.
      A pior coisa que vi até hoje, foi um adolescente que meteu um alargador na bochecha (se unires o indicador ao polegar ficas com a ideia da dimensão) e de lado via-se os dentes da criatura.
      Não podia comer para aquele lado, mas de resto 'já controlava a saliva'....

      Eliminar
    2. Uma coisa assim: http://noticias.bol.uol.com.br/ultimas-noticias/internacional/2014/05/22/jovem-alemao-de-28-anos-tem-buracos-na-bochecha-que-deixam-dentes-a-mostra.htm

      Eliminar
    3. Ok esse é mesmo péssimo, mas o mais parecido que tinha visto com isso é o vocalista dos Rammstein que tem um furo na bochecha por onde coloca um tubo com luz led para os concertos (http://en.affenknecht.com/wp-content/2009/12/rammstein-itdw-1.jpg).
      Transformar o corpo também me faz muito mais impressão do que pintar o corpo, a mim tudo me dói e sou do mais mariquinhas que pode existir. Ainda assim, ao nível desse alargador na bochecha está a bifurcação da língua, e só não deixo aqui imagem porque acabei de almoçar e era coisa para me deixar extremamente enjoada!

      Eliminar
    4. Esse dos Rammstein anda a ver se consegue ultrapassar em estupidez o outro lingrinhas do Marilyn Manson.
      Credo. Levam muito a sério o espetáculo. Parecem cadáveres mortos com luzes de Natal.
      A bifurcação na língua tenho um amigo que tem. Já não me faz tanta impressão, mas NUNCA faria isso.

      Eliminar
    5. Ai c'horror! Eu nem era capaz de ter um amigo assim, sempre que estivesse ao pé dele ia estar a pensar nisso! Mas o que é que leva as pessoas a fazerem uma coisa dessas. Já alguma vez perguntou ao amigo? Tenho imensa curiosidade em saber os motivos!

      Eliminar
    6. Eu digo sempre para ele manter a boca fechada. Hahahahahah. Não digo nada. Ele fala normalmente e nem se vê. O pior é quando se lambe ou come gelados, ou molha os lábios, ou isso...
      Os motivos (dele) são simples: porque gosta.

      Eliminar
    7. Gente estranha. Não condeno mas está muito longe da minha compreensão. Eu por exemplo, assim a gostar, gosto de ir ao cabeleireiro, de jantar fora, de fazer compras e assim.

      Eliminar
    8. Ora tal e qual a Uva.
      Havia de ser bonito, uma qualquer princesa dar um beijo a um bifurcado e ver-lhe sair a língua pelo nariz.
      Era um trauma para toda a vida...
      Credo!

      Eliminar
    9. Já agora, o estar "longe da compreensão" é, até, facilmente explicável: http://www.joseluispeixoto.net/24052.html

      Eliminar
    10. Muito obrigada pela belíssima partilha. Já conhecia. Também tenho marcas que despoletam o mesmo tipo de observações nas pessoas, mas as minhas são definitivas e não fui eu que escolhi tê-las. Diria antes que foram elas que me escolheram a mim. Eu estou cá dentro delas, mas já me senti aprisionada muitas vezes.
      Sei bem o que sente o JLP, mas eu sofri, e sofro com as minhas, eu ainda não sou feliz.
      Mas faço um esforço.
      Um abraço
      Estão aqui: http://a-uva-passa.blogspot.pt/2014/06/as-marcas-da-minha-pele.html

      Eliminar
  6. Agora imagina que lhes entra uma pestana... Como é que eles a encontram? hahahah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hahahahahaha.
      Que pintem as pestanas de branco, sei lá, façam uma descoloração.

      Eliminar
  7. Tenho duas tatuagens (ambas desenhadas por mim - coisas simplezinhas), mas carregadas de sentimento e significado. Se penso fazer mais? Talvez. Não sei o dia de amanhã. Mas alargadores, buracos extra aos que já tenho, olhos pintados de preto quando os tenho tão verdes lindinhos? Nop... Jamais!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Era um sacrilégio pintares os teus olhos verdes de preto...
      E são tão raros... e arrebatam tantos corações....

      Eliminar
  8. E no caso daquele pessoal que já não tem espaço livre para novas tatuagens? Será que vão começar a tatuar os "interiores"? Tipo; um dragão colorido no estômago - assim uma coisa "hot" com um lança-chamas acopulado de forma a que quando o bacano arrotasse, lhe saissem chamas pela boca e fumo pelo nariz. E que tal, uma fogueira tatuada no interior da genitália, com banda sonora? Assim, quando a bacana estivesse numa de loves, as ondas de calor acionavam automáticamente aquele sonzinho: come on baby light my fire !!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hahahahahahahahahahahahahahahahahaha.
      Agora a moda é retirar o umbigo.

      Mas sobre tatuagens internas, não vás mais longe: http://www.tattootatuagem.com.br/cuidados/2860/curiosidades-e-cuidados-tatuagem-interna-nos-labios/

      Eliminar
    2. weird (estranho) em que tipo de reforço do pequeno almoço (brunch) estará a girl a pensar...

      Eliminar
    3. Por acaso ia dizer essa do lábio. Tenho um amigo que tem. Diz que dói horrores.
      Essa de tirar o umbigo nunca tinha ouvido falar.
      Credo! Mas é para ficar bonito? À partida ficará uma cicatriz no lugar dele não?
      Já me faz confusão aquilo de tirar a visícula seja pelo umbigo...

      Eliminar
    4. Retirar o umbigo é a nova moda. fazem plástica e não se nota nada. Dizem que ter umbigo é coisa arcaica...
      São muita estupidos graças a Deus.
      Eu adoro o meu umbigo, embora nem lhe toque...

      Eliminar
  9. Ai c'horror, esta gente está toda louca...

    ResponderEliminar
  10. Quais passa, Uva bem sumarenta, isso sim, que me fez ficar por aqui até estas lindas horas.
    (De manhã deve ir parecer que enxertei dois repolhos nos olhos, ainda alguém pensa que é uma nova tendência e se desgraça)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hahahahahaha. Diz que deitar tarde e cedo erguer ... não? Olha, quase que podia jurar que era esta a ladaínha... estou tão nova.

      Eliminar