3 de março de 2015

Notícia de Última Hora: A Uva Passa cria (mais) um Partido Político!

Interrompemos a emissão regular no canal BLG, para informar os nosso blogoespectadores da notícia de última hora que está a inundar os meios de comunicação social um pouco por todo o mundo.
Em entrevista exclusiva ao nosso canal de notícias, Uva Passa, uma iminência iminente, segundo as sua próprias palavras, decidiu ontem avançar para a criação de (mais) um novo Partido Político, denominado Dá Cá o Meu!
O Dá Cá o Meu! conta já com 2 assinaturas, sendo uma da própria candidata e a outra ainda não se sabe mas contamos dar esta notícia no decorrer deste bloco noticioso.
Esta iniciativa, muito em voga em Portugal - onde nascem partidos todos os dias quais Padarias Portuguesas - vem, diz a canditada, preencher o enorme vazio deixado pelas lojas de compra e venda de ouro, que desapareceram misteriosamente, deixando um rasto de devastação no território nacional, difícil de igualar.
O Dá Cá o Meu! assume-se um partido de extrema... inovação, porque vem finalmente preencher a lacuna dos partidos que querem o deles mas nunca se assumem, sendo o Dá Cá o Meu! o primeiro partido transparente que diz o que quer, sem rodeios e sem necessidade de recorrer a estratagemas dúbios e anfíbios.
À nossa questão sobre as primeiras medidas a tomar, no caso de chegar ao poder, a nossa interlocutora afirma perentória:

A minha primeira medida é acabar com o regabofe das acusações anónimas, sobre dívidas de membros do Estado. Com a minha tomada de posse, todos os indivíduos ligados à política, sejam eles de partidos do arco da governação ou não, ficam isentos de pagar contribuições ou impostos de qualquer espécie ou natureza, sob pena de sofrerem graves consequências, sobretudo se se verificar a tentativa de pagar impostos de forma voluntária. O mesmo para pagamentos de impostos prescritos.
O Dá Cá o Meu! Nasce da vontade de ajudar todos os políticos da miséria e das condições desumanas em que se encontram, e das atrocidades de que são vítimas todos os dias!
O país tem de colocar um ponto final a esta perseguição atroz, sob pena de vermos estes cérebros sair do país com as parcas reservas de ouro que foram conseguindo arrecadar, sabe-se lá com que dificuldades, por essas lojas de ouro a fora!


VOTE Dá Cá o Meu

27 comentários:

  1. Respostas
    1. Não me digas que és a 2ª assinatura???? BOA!

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Hahahahahahaa.
      Sou para lá de má, sou maquiavélica! Muááááá muaáááááá!!!!!
      Queres um tacho? Junta-te ao Dá Cá o Meu!

      Eliminar
  3. Agir. Raios de sede de protagonismo que parece levar a Joana a nem precisar de canção para se atirar à papa!

    Beijinhos, Uvinha! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A seguir vem o FAZER! da Manuela Moura Guedes. Depois vem o ANDAR! da Isabel Moreira, seguido do AVANÇAR! da Raquel Varela.
      O Nilton modera...
      É um inferno!

      Eliminar
  4. Uma dívida prescrita não é, a bem dizer, uma dívida.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já vi que se assume da oposição não é assim?
      ;)

      Eliminar
    2. Lamentavelmente n prescreve é p todos...
      E, segunda consta, o senhor teve conhecimento da mesma em 2012...estamos em 2015.

      Eliminar
    3. Elas prescrevem para todos, só que 'alguns' não são importunados com estas coisas de somenos, e os restantes chegam a ficar sem casa por dívidas de 11,00€.
      Então o Primeiro Ministro deve uma maquia desde 2004 que prescreve em 2009, que só se vem a saber em 2015? Então e porquê? Não é sistema informático igual para todos ou o lembrete da dívida do Passos Coelho é desativado para não importunar os administrativos?
      Cambada!
      O que nos vale é a Joana Amaral Dias com o seu novo partido AGIR! Vamos lá ver se vai agir em conformidade ou se é só mais uma do Partido Dá Cá o Meu!

      Eliminar
    4. Tens razão, prescrever é p todos o resto é q não :)
      Mas pessoalmente o melhor foi mm a ultima declaração, achava que os descontos eram opcionais! Delicioso

      Eliminar
  5. Eu voto, mas quero um cargo de deputada para ficar isenta também.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com certeza Vocência. O lugar é seu!
      Transportes, Ambiente ou Obras Públicas?

      Eliminar
    2. Pode ser Obras Públicas ou Transportes. (reza a história que são os mais vantajosos e quero descobrir porquê)
      Muito grata!

      Eliminar
    3. Done! Obras públicas. Queres o gabinete virado a sul?

      Eliminar
  6. O q me intriga é pq razão um cargo político, cujo ordenado seja pago pelos contribuintes, n obriga a comprovativo se ausência de dividas fiscais! É q qd eu pedi a minha isenção de IMI estive quase a n a receber por alegada divida do macho lá de casa à ss. (Curiosamente ele n tem qq relação com a ss...mas soubessem vcs a canseira q foi resolver este problema criado pela pp SS)...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estão todos feitos uns com os outros, é que é. Andaram todos na mesma escola.
      Isso que contas é a completa estupidez. Então o Estado (Seg. Soc) pede contas à Finanças para aprovar a redução do IMI. E anda o zé povinho para trás e para diante, a entregar ao Estado declarações emitidas pelo Estado, para dar trabalho a mais uns boys, quando a informação está toda do lado deles.
      Nojo.

      Eliminar
    2. Na realidade n pediram, eles cruzam informação. O problema é q em sistema aparecia q o gajo tinha divida na SS (note-se, ele é advogado, desconta p um "caixa" pp n tem qq relação com a SS, mas à pala disso estavam a recusar a minha isenção. E lindo, fui eu q tive de ir fazer proa às finanças da ausência de divida! Mas se soubesses as horas q isto nos roubou...e teres uma funcionaria da SS à tua frente a dizer-te "ah pois, esta divida n é correcta q o senhor n nos deve nada"..."ah pois, mas eu n posso ajudar, tem de ir aos serviços centrais"
      Olha, tivesse eu um taco nas mãos e tinha havido tanta cabeça esmagada...

      Eliminar
    3. Não digas isso mtas vezes q ainda to peço emprestado :)

      Eliminar
  7. Qual "Vote" cara Uva?! Eu quero é "Entrar" (sem a maçada de colar cartazes)!

    Para Députado Féderal. Citando Tiririca, essa figura (quase) ímpar da tragicomédia contemporânea, "Pior que o que está não fica!".
    Abraço!

    ResponderEliminar
  8. Ah, e espero que ainda haja um tacho para mim :)

    ResponderEliminar
  9. Tachos? ouvi falar em tachos? Tá votado!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Queres ficar com o pelouro do desporto? É teu!

      Eliminar
    2. YES!! A Uva é fixe, vamos todos a Peniche. :D:D

      Eliminar