25 de fevereiro de 2016

É pá eu aguento tudo

Mas por amor de Deus, rapazes que me lêem, e mulheres também: não há nada mais deprimente do que ver um rapagão a caminho do seu emprego, por esses transportes públicos a fora, transportando uma lancheira com o almoço.
Hoje vi um (coitadinho), com um saco da Zara já todo carcomido, um outro com uma lancheira verde daquelas do Continente, e outro com uma lancheira com motivos infantis, nitidamente sonegada aos filhos.
É que não dá. Homens de fato e gravata, a transpirar sedução, perfume caro por todos os lados, cachecol ronhónhó, cabelinho pipipi, e depois, aquilo interessa-te, lanças um olhinho mais atento ao conjunto, suspiras uma vez, e zás! a lancheira a dar a dar.
Carambas! Raios os partam!
Comprem uma mochila pá!
Comprem uma mala à tiracolo.
Um saco desportivo.
Mas por amor de Deus, não sejam azeiteiros. 

32 comentários:

  1. Já pensei o mesmo várias vezes. Todos bem arranjados, perfumados, com ar de quem vai ao ginásio e depois um lancheira toda mariquinhas. Arruína logo tudo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Completamente. Dá-lhes um arzinho de totós coitadinhos que só visto. Parece que vão ali com o saquinho ao pão por deus...

      Eliminar
  2. A lancheira está ao nível da peúga branca.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bezinha, agora é disseste tudo. Peúga branca perdeu o pódio para a lancheira.

      Eliminar
  3. Ahahahah, não posso concordar mais. A prova de que uma mãe actualizada e uma mulher com bom gosto fazem muita falta. Homem de lancheira a dar a dar = turn off.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. 'Tás parva? Claro que são as esposas que os mandam de lancheira. Ora homens jeitosos, que fazem as mulheres olharem e sem lancheira, de certeza qu'elas se fazem a eles...

      Olha, o meu só sai de casa de lancheira na mão e bem pirosa, tinha arranjado uma tipo mochila, estragou-se logo...

      Eliminar
    2. Se soubessem que um homem olhado e desejado nos transportes públicos por estranhas, chega a casa com muito mais tesão, nem sequer os deixavam comer, quanto mais levar lancheira...
      Hahahahahahahahah

      Eliminar
    3. Não percebo nada disto, está visto. Ahaahah. A única cena assim parecida que tive com esta foi uma mensagem que recebi dizendo "estou na esplanada tal e tal, a apanhar ar e a ler um bocado" à qual eu respondi: "sim, sim, a apanhar ar... Estás mas é a bater a pala de solitário. Estás a ler o quê?"
      Resposta : a Bola. Deixa - te ficar amor.
      Ahahahah, a Bola, ahahahaha, está ao nível da lancheira a dar a dar ahahaha, estou mesmo a rir com vontade.

      Eliminar
    4. Oh pah... O meu não vai de transportes, e não é uma lancheira, é um saco térmico, piroso piroso, que acho que a pirosice é inversamente proporcional ao preço do saco em questão, e eu sou uma pessoa poupada.
      Tenho a dizer em minha defesa que o saco seria para andar dentro do de desporto que ele leva também para o trabalho, mas pos lá tanta mer... porcaria dentro, que o saco térmico já não cabe.

      Também diz que os colegas, maioritariamente homens, fartam se de gozar com o saco pela frente do grupo, mas já uns poucos vieram perguntar onde comprou.

      Também não anda de fato, mais farda da empresa e bota biqueira d'aço.

      Quanto à acção/reacção de ser assediado, pelamordedeus, mais?!?

      Eliminar
    5. Hahahahahahaha a Bola é um clássico. Sentados na esplanada de fato e gravata, iphone ao lado da bica, tablet no Económico, mala de cabedal da Diesel, sapatos Chevignon e depois, ahh depois a Bola a rematar.

      E quando vão à bola nesse dia?? Fato e gravata, lancheira a dar a dar, e o cachecol do Zpórten. Help me!

      Eliminar
    6. R, lá em casa toda a gente leva lancheira. Eu tenho uma espetacular que comprei há 4 anos atrás, térmica, que me custou 30 euros ou coisa que o valha, linda de morrer, nem parece uma lancheira. Ele tinha uma verdinha, muito linda, que a mãe lhe deu com uns iogurtes lá dentro, tás a ver a cena não estás, mas eu zás! deitei-a fora e dei-lhe uma preta mais sóbria, acho que de uma farmacêutica qualquer que ele por acaso não usa. Prefere o saco das cápsulas do café da Nespresso. Anda com o mesmo saco há 1 ano. Vai de carro mas dá-me igual, é azeiteiro na mesma.

      Eliminar
    7. Ahahahaahahahahah a Bola é mesmo um clássico. A melhor esplanada do mundo e a Bola... Ahahaha o que eu já me ri com isto.

      Eliminar
  4. Olha, eu ando sempre com uma mala a tira colo...

    Mas não adianta, pq não ando de fato e gravata (se tivesse um emprego que me obrigasse a isso já estava morto por dentro), estou longe de transpirar sedução, não uso perfumes (nem sequer after shave, que tenho o habito de mandar álcool para a tromba quando me lembro de desfazer a barba, o que é raro), não uso cachecol, o cabelo está cortado a pente 2...

    OU seja, não existe a perfeição!

    LOOOOOOOOOOOOOOOOOL

    (mas pelo menos não sou azeiteiro...
    ...a nível de lancheiras!)

    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deves ser cá um pão que só visto. Já estou a imaginar: barbunças até à testa, cabelo skinhead, sem perfume... pescocinho pelado, pá, Gil,tocas a tua guitarra em que rua da Baixa?

      Hahahahah

      Eliminar
    2. Não toco, porque agora só com licença da Câmara...
      ...mas já pensei muitas vezes nisso! Podes não acreditar mas ganha-se mais e duas horas na rua Augusta que em 8 enfiado num escritório...

      Anyway, não, não sou um pão, nunca fui, ando sempre de preto, com o meu blusão de cabedal, às vezes com o meu chapéu western, barba de 2 ou três dias (tipo Clint Eastwood nos western spaghetti), ou seja, pinta de rocker clássico... Ou metaleiro informado, se preferires...

      Não chego própriamente a parecer um indigente (embora não ande muito longe)!

      O único consolo é que estou em forma! Redondo é uma forma!

      LOOOOOOOOOOOOOOOOL

      :)

      Eliminar
    3. Então, se a Câmara aparecer falas comigo. Conheço muito bem aquela gente, ui, se conheço. Aliás vão retirar a calçada porque um dia magoei um pé. Tudo controlado.
      És redondinho e baixinho? Metaleiro, redondinho e baixinho? Barbudo, metaleiro, redondinho e baixinho?
      O António Costa era assim em novo.
      Vais no bom caminho. Ainda chegas a PM.

      Eliminar
    4. Não...

      ...não tenho os predicados necessários!

      Embora me afirme redondo não o sou assim tanto...
      ...é mais uma questão de arestas arredondadas, com os meus 89 kg!
      E tinha 1,81, o que não fazia de mim baixo!
      Agora graças à minha discopatia degenerativa de estimação encolhi 1 cm, portanto tou com 1,80...
      Portanto sou só grande e mal encarado! :)

      E não me apetece trazer a guitarra para Lisboa pá... Com ou sem licença, sempre que posso fujo daqui...
      ...e se pudesse nem cá punha os pés! Sou rapaz do campo e a cidade mete-me confusão!

      :)

      Eliminar
  5. o meu pensamento, tal e qual. Costumo cruzar-me com um no metro ainda pior, fato e gravata e um saco de plastico do Continente.....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hahahahahahahahahahahahahahahahaha saco plástico também já vi! É super!!!!!

      Eliminar
    2. Ahahahahhaahhahaahahha. Uva, prémio do melhor post do dia para ti....

      Eliminar
  6. Por aqui, pela aldeia não se vê nada disso...o mais parecido com isso, é t-shirt colada sem mangas e com uma tatuagem no ombro!
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. T-shirt colada onde? Ao suor e os pêlos na peitaça? Isso ainda é melhor!!!
      Conheço uma pessoa muito linda que tem uma tatuagem no ombro...

      Eliminar
  7. Uma vez vi um com uma lancheira cor-de-rosa com bonecos da disney :)
    Não posso deixar de achar engraçado e de gostar do desprentencionismo. Há tanto de admirável nisso, quanto há de sovinice.

    Vi também um homem com phones nos ouvidos que eram cor-de-rosa e tinham a Hello Kitty nas orelhas :D :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vi hoje um desses!!!! Era o mesmo! Os pais desta geração gamam tudo às filhas! Uma lástima!

      Eliminar
  8. ahahah que grande estilo, por isso é que o fato vestido vale de pouco, fato vestido e boxer rotos entendes ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Óhóh se entendo, eu por exemplo... ná, não posso contar isto.

      Eliminar
  9. ahahahahha. com a pressa também já dei por mim de saltos altos e com uma lancheira da actimel :D

    ResponderEliminar
  10. Ehehej havias de ver as lancheiras que desfilam aqui pelo refeitório :))) o que vale é que na Província não há transportes públicos eheheh

    ResponderEliminar
  11. eu já vi um com um daqueles feitos de sacos de café...nunca mais me esqueci...

    ResponderEliminar
  12. pelo menos dá para botar conversa aqui, sobre um tema altamente fraturante!nem tudo é mau!:))

    ResponderEliminar
  13. Indo de carro acho q o saco, tipo nespresso, não é assim tão mau :)

    ResponderEliminar